[Rebobinação] #1: MERA COINCIDÊNCIA (1997)

 

Imagem1

Há muito tempo, planejo a criação de um quadro cujo o intuito seria bem simples: indicar bons filmes de décadas passadas – mais precisamente das décadas de 80 e 90 – que, por alguma razão, quase ninguém lembra da existência. O quadro, hoje devidamente sendo posto em prática, consistirá numa apresentação curta (e, na medida do possível, analítica), de um filme por vez, em artigos dedicados. O quadro se chama [Rebobinação] – depois de muito batalhar com minha incrível incapacidade de criar títulos decentes. Espero que gostem e que, acima de tudo, vejam os filmes citados. Agora, vamos ao que interessa! Continuar lendo “[Rebobinação] #1: MERA COINCIDÊNCIA (1997)”

Aniquilação, ou: evolução e existência, amor e reparação.

C589Ss5yl9RLXAn

Uma bióloga se junta a uma expedição secreta com outras quatro mulheres em uma região conhecida como Área X, um local isolado da civilização onde as leis da natureza não se aplicam de maneira conhecida. Lá, investigando os meandros da misteriosa área, ela precisará lidar com desaparecimentos, contaminações e perigos inimagináveis, sempre a espreita.

O texto a seguir pode conter spoilers. Continuar lendo “Aniquilação, ou: evolução e existência, amor e reparação.”

THE NIGHT OF o que, afinal?

the-night-of

Após ter passado a noite com uma mulher desconhecida, um jovem acorda desnorteado e a encontra completamente esfaqueada, sendo acusado de tê-la assassinado. Dá-se, então, início a uma dramática jornada em busca de provar sua inocência – ou não.

O texto a seguir pode conter spoilers. Continuar lendo “THE NIGHT OF o que, afinal?”

Wheelman: vida fora-da-lei, família e as agruras de um oprimido amor paterno.

fh4re5y454

Um motorista (Frank Grillo) trabalha para um grupo de criminosos que assalta um banco. No entanto, o plano dá errado e o motorista descobre que foi traído. Agora, ele tem de usar suas habilidades para tentar escapar da morte ao receber ordens anônimas pelo telefone. Continuar lendo “Wheelman: vida fora-da-lei, família e as agruras de um oprimido amor paterno.”

EXTERMÍNIO, a franquia. #1: o Cinema Zumbi que brincou de Morto-Vivo e adoeceu.

tymft7m6t7i6

De tanto ver Extermínio ser sofregamente maculado e mal compreendido pelo público, resolvi, nesta primeira parte, analisar o Horror realizado por Danny Boyle em 2002, em busca de entender o que leva um filme de importância tão ímpar para a Cultura Pop ser, ainda hoje, olhado de esguelha. No texto, traço um brevíssimo histórico do cinema zumbi, falo sobre como se desencadeou o surgimento do filme e as modificações conceituais inseridas por ele, além, é claro, de explicar porque o filme é bom pra cara&#$ e merecedor de muito, mas muito mais respeito. Tem interesse sobre o assunto? Então você encontrou o texto certo.

O texto a seguir pode conter spoilers. Continuar lendo “EXTERMÍNIO, a franquia. #1: o Cinema Zumbi que brincou de Morto-Vivo e adoeceu.”