Wheelman: vida fora-da-lei, família e as agruras de um oprimido amor paterno.

fh4re5y454

Um motorista (Frank Grillo) trabalha para um grupo de criminosos que assalta um banco. No entanto, o plano dá errado e o motorista descobre que foi traído. Agora, ele tem de usar suas habilidades para tentar escapar da morte ao receber ordens anônimas pelo telefone. Continuar lendo “Wheelman: vida fora-da-lei, família e as agruras de um oprimido amor paterno.”

EXTERMÍNIO, a franquia. #1: o Cinema Zumbi que brincou de Morto-Vivo e adoeceu.

tymft7m6t7i6

De tanto ver Extermínio ser sofregamente maculado e mal compreendido pelo público, resolvi, nesta primeira parte, analisar o Horror realizado por Danny Boyle em 2002, em busca de entender o que leva um filme de importância tão ímpar para a Cultura Pop ser, ainda hoje, olhado de esguelha. No texto, traço um brevíssimo histórico do cinema zumbi, falo sobre como se desencadeou o surgimento do filme e as modificações conceituais inseridas por ele, além, é claro, de explicar porque o filme é bom pra cara&#$ e merecedor de muito, mas muito mais respeito. Tem interesse sobre o assunto? Então você encontrou o texto certo.

O texto a seguir pode conter spoilers. Continuar lendo “EXTERMÍNIO, a franquia. #1: o Cinema Zumbi que brincou de Morto-Vivo e adoeceu.”

A Morte te dá Parabéns: sem bolo, sem guaraná e sem doce pra você.

a-morte-te-dá-parabéns-724x269

Tree (Jessica Rothe) é uma jovem estudante que trata mal os meninos, desdenha das amigas e não parece estar muito disposta a atender as ligações do pai no dia do aniversário dela. No fim do mesmo dia, no entanto, ela é brutalmente assassinada por um mascarado. Acontece que ela “sobrevive”, ou melhor, acorda no mesmo e fatídico dia, numa espécie de looping macabro, que termina sempre com a morte da garota. Repetir, seguidamente, o mesmo dia, por outro lado, dá a Tree a chance de investigar quem a está querendo morta e o porquê. Continuar lendo “A Morte te dá Parabéns: sem bolo, sem guaraná e sem doce pra você.”

A BABÁ: a desilusão amorosa que se olhou no splatter e a reascenção do Terrir.

rtnhsrthr1

O filme acompanha Cole, um loser de primeira linha que está loucamente apaixonado por sua babá Bee. Ela é legal e incrível – todas as coisas que Cole não é. Certa noite, enquanto Bee está sendo sua babá, Cole testemunha o impensável, e ele passa a ter que sobreviver a uma noite cheia de primeiros beijos, primeiros corações partidos e primeiros encontros com maníacos homicidas! Continuar lendo “A BABÁ: a desilusão amorosa que se olhou no splatter e a reascenção do Terrir.”

Blade Runner 2049: robôs, humanidade e o milagre humano, demasiado humano.

227500

Califórnia, 2049. Uma nova espécie de replicantes, mais obediente aos humanos, foi desenvolvida. Um deles é K (Ryan Gosling), um blade runner que caça replicantes foragidos para a polícia de Los Angeles. Após encontrar Sapper Morton (Dave Bautista), K descobre um fascinante segredo que pode desencadear uma guerra entre replicantes e humanos. Assim, a tenente Joshi (Robin Wright), chefe de K, o envia para desvendar o mistério e evitar o pior. Continuar lendo “Blade Runner 2049: robôs, humanidade e o milagre humano, demasiado humano.”